senhor dos anéis

"Três Anéis para os Reis Elfos sob este céu;
Sete para os Senhores-Anões em seus rochosos corredores,
Nove para Homens Mortais, fadados ao eterno sono,
Um para o Senhor do Escuro em seu escuro trono
Na Terra de Mordor onde as Sombras se deitam
Um Anel para todos governar. Um Anel para encontrá-los,
Um Anel para a todos trazer e na escuridão aprisioná-los
Na Terra de Mordor onde as Sombras se deitam."

Menu

sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

Resenha do livro: O Retrato de Dorian Gray





Livro: O Retrato de Dorian Gray

Autor: Oscar Wilde

Editora: Landmark   

N° de páginas: 123


              Já tem algum tempo que tenho esse livro em minha estante, mas fui protelando a leitura por achar que seria um clássico chato, mas me surpreendi com uma bela obra-prima!
Amei esse livro mesmo ele sendo denso psicologicamente e com muita informação para guardar, pois os diálogos dos personagens são ricos em sua profundidade. Tais personagens são complexos, cada um a sua maneira, e muito interessantes.

A grosso modo eu resumiria esse livro, em uma ode à beleza e juventude, que é o que Dorian cultua ao extremo, ou melhor aprendeu a cultuar tais "virtudes" pela influência  nefasta de Lorde Henry Wotton, pois Dorian nem sempre foi assim, no início do livro Dorian não tinha a alma corrompida com valores tão efêmeros, fugazes, mas a influência de Henry foi extremamente negativa para ele, fazendo com que ele se perdesse em um mundo de prazeres e emoções passageiras.
Dorian era um rapaz atencioso, gracioso e meigo, e até inocente, com um caráter sutil e cativante associado com a irresponsabilidade da juventude.

Tamanha era sua simpatia e beleza que acabou fascinando o pintor Basil Hallward. A adoração de Basil pelo jovem foi tamanha, que ele resolveu imortalizá-lo em uma de suas pinturas, que segundo o próprio pintor o retrato de Dorian seria seu apogeu como artista. Ressalto aqui que, Basil nutria pelo jovem Dorian um sentimento que transcendia qualquer interesse financeiro, era na verdade idolatria e amor. Em determinada parte do livro, Basil se declara a Dorian, deixando-o ainda mais soberbo com relação a sua beleza.

Não posso deixar de mencionar aqui que foi Basil quem apresentou Dorian a Henry, e logo se tornaram amigos. O referido Lorde não perde tempo e começa a influenciar o rapaz com sua visão de mundo distorcida e destrutiva supracitada nessa resenha. Henry falava com Dorian como viver, mas ele mesmo não tinha coragem de viver o que pregava, então a meu ver Henry era um covarde e Dorian um fraco, mas tal fraqueza sofre uma mudança, deixando Dorian mais seguro de si, mas ele continua entregue as futilidades da vida. 

Como já mencionado aqui, Dorian passa a supervalorizar o lado fútil da vida, e deseja ardentemente que a sua beleza física e juventude durem eternamente,então enquanto Basil finaliza o quadro, ele coloca todo o desejo de nunca ficar velho e feio, de nunca perder a beleza e juventude tão desejada.

                         
                 
por todos, e o que Dorian deseja acontece, ou seja, com o passar do tempo ele não envelhece, continua belo e o retrato assume toda a podridão de sua alma. Ele se torna ainda mais cruel após ler um livro enviado por Henry, tornando ainda mais o mundo de Dorian, um parque de diversões (devassidão), e nada mais importa contando que sua beleza e juventude sejam eternas.


                         


             Ressalto aqui uma frase muito interessante de Dorian para Basil: "... sou menos para você do que seu Hermes de marfim ou seu Fauno de prata. Você sempre gostará deles. Por quanto tempo gostará de mim? Até eu ter a primeira ruga, suponho. Sei, agora, que quando alguém perde a sua boa aparência, seja quem for, perde tudo. Seu retrato me mostrou isso. Lorde Henry está perfeitamente certo. A juventude é a única coisa que vale a pena ter. Quando eu me aperceber envelhecendo, matar-me-ei".(página 33)
     
Enfim, o final do livro me surpreendeu, deixando-me chocada com os acontecimentos, não esperava pelo que aconteceu a determinados personagens, e não imaginava que Dorian com sua alma totalmente corrompida fosse tão longe trilhando um caminho sem volta, ou será que ele se redimiu dos seus pecados? Leiam e saberão!

                                 




24 comentários:

  1. Ois Amanda,

    Que grande comentario fiquei convencido tudo farei para ler este livro este ano, tenho dito ;)

    Bjs e boas leituras

    ResponderExcluir
  2. Oi Fi,
    obrigada pela sua visita, gostei muito!!!
    E esse livro é ótimo, vale a pena ler, pois é um clássico muito profundo e rico nas falas, com personagens complexos, apesar de muito interessantes. LEIA!

    Abraços e boas leituras!!!

    ResponderExcluir
  3. Eu adoro esse livro!! Curioso que você gostou apesar de ser denso e eu já gosto porque é denso...rs A psique do Dorian é rica, ambígua e envolvente justamente pelas suas facetas. Clássicos são ricos pela complexidade dos personagens. Vale muito a pena ler O Príncipe Feliz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Renata, obrigada pela visita,
      Sim eu achei o livro muito profundo, mas isso não me impediu de lê-lo e adorá-lo, apenas tive que redobrar minha atenção ao lê-lo. Adorei a complexidade dos personagens, na qual a fala deles, só enriquecem a obra, Amei o livro, e naõ sei pq demorei tanto para lê-lo, mas enfim li e amei!

      Abraços e boas leituras!!!

      Excluir
  4. Belíssimo! Oscar Wilde é um gênio da literatura! Sou por esse autor tão excêntrico e inteligente. Ano passado tive o prazer de assistir a peça " em louvor à vergonha", baseada na vida dele, simplesmente uma das melhores peças que assisti. Quando ao livro meu único arrependimento foi te-lo comprado de presente para outra pessoa, que nem tanto o merecia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Olá Augusto, como vai?
      Realmente Oscar Wilde é um gênio, e pretendo ler mais livros dele, e reler este que eu resenhei. ADOREI! Q bacana vc ter assistido a essa peça, deve ter sido maravilhosa e que chato vc ter dado o livro para alguém que não merecia, mas faz parte, não é?rs

      Abraços e boas leituras!!!

      Excluir
  5. Oii, tudo bom?
    Este é um dos poucos clássicos que tenho vontade der (minha experiência com os clássicos não é muito bacana). Pela sua resenha pude ver que não é mais um daqueles classicos chatos, certamente irei lê-lo ^^
    Otima resenha, um abraço
    Oficina do Leitor / Facebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Daniel,
      obrigada pela visita, e sim, essa obra não é um clássico chato, vale muito a pena ser lida, eu recomendo com força. LEIA!!! :D

      Abraços e boas leituras!

      Excluir
  6. Estou aqui para divulgar meu portfólio. Realizo encomendas de blogs(blogger ou wordpress.org), personalizações de redes sociais e criação de logos e cartões de visitas. Trabalhos feitos com alta qualidade e preços acessíveis.

    Esse mês de janeiro estoou com uma super promoção confira os detalhes na minha fanpage:
    www.facebook.com/portaltuttiifiori

    Conheça meu trabalho:
    Portfólio: www.tuttiifiori.com/portfolio/
    Facebook: www.facebook.com/portaltuttiifiori

    ResponderExcluir
  7. Oi Amanda, muito boa a sua resenha, não li nada desse autor mas a história me pareceu muito interessante.

    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Danny,
      obrigada pela sua visita, gostei muito! E sim, Oscar Wilde me ganhou com esse livro, logo,logo irei ler outro livro dele, aconselho a você ler tb, não se arrependerá, e se vc ler mesmo, venha aqui para comentar, certo? :D

      Abraços e boas leituras!!!

      Excluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. Olá Amanda
    Gostei muito do teu comentário e de facto o livro é lindissimo e Oscar Wilde é espectacular.
    Já li há muitos anos atrás e foi bom recordá-lo agora :) Quem sabe tornarei a lê-lo este ano. É daqueles clássicos que não importa se lermos mais de uma vez.

    beijinhos e boas leituras

    ResponderExcluir
  10. Oi Caminhante, como vai? Muito obrigada pela sua visita, ADOREI!
    De fato Oscar Wilde é fantástico e eu vou reler o livro que é muito bom, realmente vale à pena,não é?

    Abraços e boas leituras!!! :D

    ResponderExcluir
  11. Olá Amanda,

    O Retrato de Dorian Gray é o livro da minha vida. Não sei porquê ao certo... simplesmente é. Henry é para mim uma personagem fantástica e que dá vida ao livro, ao passo que Basil sempre me aborreceu mais um bocadinho, por ser tão submisso. Dorian é tudo.
    Fico contente que tenhas gostado. Mas também não consigo conceber alguém não gostar deste livro.

    Boas leituras!

    ResponderExcluir
  12. Oi Nádia,
    obrigada pela visita, e de fato, não tem como não gostar desse livro, que é considerado uma obra-prime. Tb gosto dos personagens,todos adoráveis e complexos, q nos fazem fazer uma viagem por nossa própria alma, não é?

    Abraços e boas leituras!!!

    ResponderExcluir
  13. Eu nunca li o livro pelo mesmos motivos que você ficou enrolando para Ler,eu já vi o filme por indicação achei ele bem forte meche um pouco com o telespectador como você bem escreve na sua resenha ele era um amor de pessoa um jovem exemplar e se tornou um homem sem limites com uma linha tênue entre o certo e o errado isso choca um pouco rs.Muito boa a sua resenha parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Mar, obrigada pela visita, obrigada pelos elogios à minha resenha, e de fato esse livro choca o leitor, mas vale muito à pena, pois é um clássico de alto nível, não é?

      Abraços e boas leituras!

      Excluir
  14. Olá :) Nossa, resenha maravilhosa! *-*
    Eu já tinha ouvido falar nesse livro, entretanto, nunca fiz a leitura, depois de ler a sua resenha eu fiquei com muito vontade e curiosidade de ler, pois aparenta possuir um assunto muito bom e interessante, me chamou a atenção, além disso, fiquei com várias dúvidas... rsrs
    Esse livro aparenta ser bastante detalhado. :) Beijos! *-*
    Blog: http://my-stories-wonderful-books.blogspot.com.br/
    Página: https://www.facebook.com/BlogWonderfulBooks

    ResponderExcluir
  15. Bom dia Gaby,
    obrigada pela visita e pelo elogio feito a minha resenha, e de fato é um livro muito detalhista em seus diálogos, como eu disse na resenha, é muita informação para guardar, mas vale muito à pena ler, e apreciar os ricos diálogos dos personagens!

    Abraços e boas leituras!!!

    ResponderExcluir
  16. Adorei este livro. Já li há imenso tempo...
    Bjinhos Amanda

    ResponderExcluir
  17. Olá!

    Gostei muito da tua opinião.
    Ainda não li o livro, mas tenho ali na estante. Gostei muito do filme, cheio de estilo e com um Dorian lindo! =)

    Bjs e boas leituras

    ResponderExcluir
  18. Olá Miss Lamora,

    Agradeço a visita e sua opinião sobre minha resenha, muito obrigada e volte sempre!

    Abraços e boas leituras!!!

    ResponderExcluir